Soneto: A Rosa @}---



És o vinho
Servido
 ha mesa
que eu não
 posso degustar
Andas por entre
 as flores a te tocar
e os cravos a te contemplar
Sou rosa cheia de espinhos
que  não se pode ter e amar
mas minhas pétalas perfumadas
jogam amor e sedução pelo ar
Tenho a delicadeza do  amor
guardo  segredos do beija flor
meus espinhos são doloridos
mas minhas pétalas
é puro Amor ..
by: VGitana ®
Respeite os Direitos Autorais
© Todos os Direitos Reservados




.    ♥        • .     ☆       • .        ★    • .     ♥           • .  ♥
• .    ♥        • .     ☆       • .        ★    • .     ♥     ♡        • .  ♥ ᶫᵒᵛᵉᵧₒᵤ ∞ [̲̅ə̲̅٨̲̅٥̲̅٦̅] ∞ • .    ♥        • .     ☆       • .     ♥ • .    ♥        • .     ☆       • .
• .    ♥        • .     ☆       • .        ★    • .     ♥     ♡        • .  ♥ • .    ♥        • .     ☆       • .        ★    • .     ♥     ♡        • .  ♥